Arquivo da categoria: Mundo

Obras na cobertura do Palácio Belvedere devem ficar prontas no fim do mês

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

As obras da cobertura do Palácio Belvedere devem ser finalizadas no fim deste mês. Em seguida, será realizado o trabalho de restauro do edifício, que foi atingido por um incêndio no fim de 2017. A finalização total da obra está prevista para o segundo semestre deste ano.

A recuperação do prédio está orçada em cerca de R$ 1,2 milhão, com recursos de potencial construtivo, e faz parte das ações da Prefeitura de recuperação do patrimônio histórico e cultural da cidade, determinados pelo prefeito Rafael Greca.

Reportagem: Lorena Pelanda

Foto: Lucilia Guimarães/SMCS
Foto: Lucilia Guimarães/SMCS
Foto: Lucilia Guimarães/SMCSLink Original: https://bandnewsfmcuritiba.com/obras-na-cobertura-do-palacio-belvedere-devem-ficar-prontas-no-fim-do-mes/

Faixa exclusiva para ônibus começa a funcionar na Mário Tourinho

A Prefeitura de Curitiba anunciou mais uma faixa exclusiva para ônibus. A Rua General Mário Tourinho será a quinta rua da cidade a receber a faixa exclusiva.

Segundo a prefeitura, pela região passam cinco linhas do transporte coletivo como Interbairros II, Capão Raso/Campina do Siqueira, Inter 2, Inter 2 (reforço entre Capão Raso e Campina do Siqueira) e Pinhais/Campo Comprido, com 89 ônibus e mais de 60 mil passageiros por dia.

A superintendente de Trânsito de Curitiba, Rosângela Battistella, explica que a faixa exclusiva vai proporcionar mais qualidade aos usuários do transporte coletivo.

SA faixa exclusiva terá pouco mais de um quilômetro de extensão, entre a Avenida Vicente Machado e o Terminal Campina do Siqueira.

A superintendente explica que os trabalhos de sinalização, de responsabilidade da Setran, começaram na primeira semana do ano. São colocadas novas placas de trânsito e a pintura específica para a faixa exclusiva.

SAté o final do mês, os condutores que circularem pela faixa serão orientados, mas não multados. A partir de fevereiro, veículos que não forem ônibus e insistirem em trafegar pela faixa exclusiva poderão ser autuados pela fiscalização de trânsito.

A infração – de natureza gravíssima – acarreta a perda de sete pontos na carteira de habilitação, multa de R$ R$ 293,47 e remoção do veículo.

Nova trincheira

A implantação da faixa exclusiva para o transporte coletivo está ligada à construção da trincheira da Avenida Nossa Senhora da Aparecida com a Rua General Mário Tourinho.

Segundo a prefeitura, a nova trincheira vai aumentar a capacidade de escoamento dos veículos, eliminando os pontos de conflito. A expectativa da administração municipal é de que 41 mil veículos passem, então, pela Mário Tourinho. Na Nossa Senhora Aparecida, o cálculo é de que serão mais de 15 mil veículos diariamente.

Com colaboração de Cristina Seciuk, repórter William Bittar

 

Fonte: https://cbncuritiba.com/mais-uma-faixa-exclusiva-para-onibus-comeca-a-funcionar-em-curitiba/

Iphan abre vagas para mestrado remunerado em preservação do patrimônio para todo Brasil

São 10 vagas para alunos bolsistas na área de preservação do patrimônio cultural em diferentes estados. Inscrições vão até 1º de março

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) torna pública a realização   de processo seletivo para o Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural  do IPHAN, visando o preenchimento de 10 vagas, mediante as condições estabelecidas neste Edital e na Portaria do IPHAN nº 437, de 16 de setembro de 2013, e suas alterações, que dispõem sobre os critérios para concessão de bolsas e demais auxílios no âmbito do Mestrado Profissional do IPHAN.

Edital

Fonte: http://portal.iphan.gov.br/editais/detalhes/255/selecao-mestrado-profissional-em-preservacao-do-patrimonio-cultural-2019

Rua Mário Tourinho tem bloqueio parcial a partir desta quarta-feira

Trincheira está sendo construída no local, no cruzamento com a Avenida Nossa Senhora Aparecida. Obra é da Prefeitura de Curitiba.

A faixa da esquerda da Rua Mário Tourinho, em Curitiba, fica bloqueada a partir desta quarta-feira (9). A interdição está valendo desde as 9h.

Inicialmente, a prefeitura havia informado que o bloqueio seria na faixa da direta, mas, na verdade, ele ocorre na faixa da esquerda.

No local, está sendo construída uma trincheira, no cruzamento com a Avenida Nossa Senhora Aparecida, no bairro Seminário. A obra, que é da prefeiura, começou em setembro do ano passado.

Equipes da Superintendência de Trânsito (Setran) fazem o monitoramento do tráfego na região e do tempo de abertura dos semáforos.

A administração municipal reforça que somente uma das faixas está bloqueda. As outras duas estão liberadas para os veículos.

Trincheira ficará no cruzamento da Rua Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida — Foto:  Daniel Castellano/Prefeitura de Curitiba Trincheira ficará no cruzamento da Rua Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida — Foto:  Daniel Castellano/Prefeitura de Curitiba

Trincheira ficará no cruzamento da Rua Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida — Foto: Daniel Castellano/Prefeitura de Curitiba

Investimento

O investimento é de R$ 12,4 milhões. Conforme a prefeitura, os recursos são do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) do Orçamento Geral da União (OGU).

O objetivo da trincheira é melhorar a ligação da região central de Curitiba com o Campo Comprido, no sentido leste-oeste, e da região do Portão com a BR-277, no sentido norte-sul, de acordo com a administração municipal.

Com a trincheira, ainda segundo a prefeitura, haverá melhoria operacional de oito linhas do transporte coletivo. As linhas que passam pelo trecho são: Ligeirinho Inter 2, Interbairros II, Capão Raso/Campina do Siqueira, Ahú/Los Angeles, Social/Batel, Vila Sandra, Tramontina e Rua XV/Barigui.

Projeto da trincheira; obras começaram em setembro — Foto:  IPPUC/Divulgação Projeto da trincheira; obras começaram em setembro — Foto:  IPPUC/Divulgação

Projeto da trincheira; obras começaram em setembro — Foto: IPPUC/Divulgação

Veja mais notícias do estado em G1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/transito/noticia/2019/01/09/rua-mario-tourinho-tem-bloqueio-parcial-a-partir-desta-quarta-feira.ghtml

Obras para a trincheira da Mario Tourinho provocam desvios em ruas da região

Obra deve durar 10 meses, de acordo com a Prefeitura de Curitiba; confira os pontos de desvios.

Trincheira ficará no cruzamento da Rua Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida — Foto: Daniel Castellano/Prefeitura de Curitiba

As obras da trincheira da Rua Mário Tourinho com a Avenida Nossa Senhora Aparecida causam mudanças no trânsito da região. Algumas ruas serão bloqueadas e por isso haverá desvios.

A previsão da administração municipal é de que a trincheira fique pronta em dez meses. No cruzamento, segundo a prefeitura, passam 61,9 mil veículos por dia nos horários de maior movimento.

Confira onde serão os desvios nas imagens abaixo

Ruas terão desvios em virtude da obra do viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba Ruas terão desvios em virtude da obra do viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba

Ruas terão desvios em virtude da obra do viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba

Motoristas que passam pela região da Rua Mário Tourinho e da Avenida Nossa Senhora Aparecida precisam ficar atentos aos desvios — Foto: Prefeitura de Curitiba Motoristas que passam pela região da Rua Mário Tourinho e da Avenida Nossa Senhora Aparecida precisam ficar atentos aos desvios — Foto: Prefeitura de Curitiba

Motoristas que passam pela região da Rua Mário Tourinho e da Avenida Nossa Senhora Aparecida precisam ficar atentos aos desvios — Foto: Prefeitura de Curitiba

Obras para o viaduto da Mario Tourinho devem durar 10 meses — Foto: Prefeitura de Curitiba Obras para o viaduto da Mario Tourinho devem durar 10 meses — Foto: Prefeitura de Curitiba

Obras para o viaduto da Mario Tourinho devem durar 10 meses — Foto: Prefeitura de Curitiba

Veja no mapa desvios na região onde é contruído o viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba Veja no mapa desvios na região onde é contruído o viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba

Veja no mapa desvios na região onde é contruído o viaduto da Mario Tourinho — Foto: Prefeitura de Curitiba

A Secretaria Municipal de Trânsito fará a sinalização na região da obra — Foto: Prefeitura de Curitiba A Secretaria Municipal de Trânsito fará a sinalização na região da obra — Foto: Prefeitura de Curitiba

A Secretaria Municipal de Trânsito fará a sinalização na região da obra — Foto: Prefeitura de Curitiba

Obra na Francisco Xavier de Oliveira integra a conclusão do Viaduto Pompeia

O trabalho continua

Empresa contratada pela Secretaria de Obras Públicas começou a fazer obras de drenagem na Rua Francisco Xavier de Oliveira, no Tatuquara, a partir do cruzamento com a Estrada Delegado Bruno de Almeida. Curitiba, 03/10/2018. Foto: Luiz Costa/SMCS
Empresa contratada pela Secretaria de Obras Públicas começou a fazer obras de drenagem na Rua Francisco Xavier de Oliveira, no Tatuquara, a partir do cruzamento com a Estrada Delegado Bruno de Almeida. Curitiba, 03/10/2018. Foto: Luiz Costa/SMCS

Empresa contratada pela Secretaria de Obras Públicas começou a fazer obras de drenagem na Rua Francisco Xavier de Oliveira, no Tatuquara, a partir do cruzamento com a Estrada Delegado Bruno de Almeida. O serviço começou nesta semana e vai se estender por um trecho de 440 metros até a cabeceira do Viaduto Pompeia.

A obra faz parte do conjunto de intervenções que a Prefeitura de Curitiba começou a fazer para construir as alças do Viaduto Pompeia e permitir o acesso à BR-116 para quem se desloca nos sentidos norte e sul. Além da drenagem, estão em andamento a sondagem na galeria de águas pluviais e o levantamento topográfico.

O projeto original do Viaduto Pompeia não previa alças para que a população acessá-lo e utilizá-lo com todas as possibilidades de deslocamento.

A Rua Francisco Xavier de Oliveira fará a ligação com o viaduto que leva ao Centro de Curitiba passando sobre a BR-116 e também terá acesso no sentido sul, em direção a Fazenda Rio Grande, por meio de uma das duas alças. A outra alça de acesso permitirá o retorno da Francisco Xavier de Oliveira para a Rua Francisco Warcheski, em direção ao bairro.

Depois das obras de drenagem, a Francisco Xavier de Oliveira terá nova pavimentação com asfalto de qualidade, será feita a contenção de alguns imóveis (devido à diferença de altura entre terrenos particulares e o passeio), sinalização da via, além de calçadas, meio fio, melhorias na iluminação e paisagismo.

Além da Rua Francisco Xavier de Oliveira, serão feitas obras de drenagem, pavimentação, calçadas, paisagismo, sinalização e iluminação em trechos das ruas José Zanoncini e Francisca Ferreira da Luz, no entorno do Colégio Estadual Beatriz Faria Ansay, e na ligação da Rua Francisco Xavier de Oliveira com a BR-116, no sentido sul. Ao todo serão revitalizados 1300 metros de vias.

Nos trechos onde for necessário, será refeita a rede de abastecimento de água e a de coleta e tratamento de esgoto, com o acompanhamento da equipe técnica da Sanepar. A companhia fará as ligações dos imóveis à rede e a relocação das redes de água e de esgoto na rodovia.

“Esta obra é uma antiga reivindicação da comunidade local e trará mais segurança ao tráfego do bairro e da rodovia. Além disso reduzirá consideravelmente os constantes congestionamentos na BR-116, com a eliminação do semáforo existente para permitir o retorno”, afirma o engenheiro Mario Padovani, da Secretaria de Obras Públicas.

Histórico

O viaduto ficou abandonado desde a conclusão, em setembro de 2015 pela Autopista Planalto Sul/Arteris, concessionária responsável pela BR-116.  A ligação com a BR, de responsabilidade da Prefeitura, não foi concluída pela gestão anterior.

Depois de tomar posse, o prefeito Rafael Greca solicitou aos técnicos da Prefeitura uma nova solução para a obra, a partir da implantação das alças de acesso. O projeto foi aprovado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

A empresa contratada pela Prefeitura para a execução das obras é a Venturi & Zen, que venceu a licitação. O prazo para a execução dos trabalhos é de 360 dias.

Link original:
http://www.curitiba.pr.gov.br/fotos/album-obra-na-francisco-xavier-de-oliveira-integra-a-conclusao-do-viaduto-pompeia/32224
03/10/2018 11:44:00

Ritmos urbanos levam dança para o Teatro Cleon Jacques

Desmistifique sua Dança

Os ritmos urbanos tomam conta do Teatro Cleon Jacques com o Desmistifique sua Dança. Foto: Divulgação

Desta quarta (3/10) até domingo (7/10), o Teatro Cleon Jacques, no Parque São Lourenço, recebe a 2ª edição do Desmistifique sua Dança. O evento reúne em Curitiba artistas e pesquisadores de dança de rua para vivenciar, refletir as danças urbanas e suas diferentes realidades.

Para tremer o solo curitibano o evento traz os representantes da Dança do Passinho e do Funk Carioca representado pelo grupo Os Imperadores da Dança.

A programação conta com workshops, apresentações artísticas e de pesquisa, debates e intervenções públicas no Teatro Cleon Jacques e também na rua. A programação completa pode ser acessada aqui.

Idealizado pela pesquisadora Marila Vellozo, a proposta do evento é dar visibilidade à algumas das discussões e processos artísticos e de pesquisa desenvolvidos na 1ª edição do Desmistique, realizada no Teatro Cacilda Becker/Funarte, no Rio de Janeiro e dar continuidade ao exercício de questionar as noções de contextos urbanos de cada ambiente.

Temas como a confluência entre os estilos serão abordados, com destaque para o tango, as danças negras, o Breaking, o Passinho, o DesignDança e o Nativo Urbano.


Serviço: Desmistifique sua Dança
Data: 3 a 7 de outubro
Local: Teatro Cleon Jacques (Rua Mateus Leme, 4700 – São Lourenço)
Classificação livre
Ingresso: gratuito
Programação completa aqui

 

Link original:

http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/ritmos-urbanos-levam-danca-para-o-teatro-cleon-jacques/47810

Acordo do Condor com MPT evita multa

Presidente do grupo Condor firma acordo com MPT-PR e se compromete a divulgar nota de esclarecimento sobre carta encaminhada a trabalhadores

(Curitiba, 02/05/2018) O presidente do Grupo Condor, Pedro Joanir Zonta, assinou, nesta terça-feira (2 de outubro), um acordo com o MPT-PR para a divulgação de nota de esclarecimento sobre a carta encaminhada aos trabalhadores da rede de supermercados na última segunda-feira (1).

O documento já foi encaminhado, ao término da audiência, ao grupo de WhatsApp que recebeu a carta. Na sequência, será também enviado para todos os trabalhadores que tenham acesso ao e-mail institucional da rede de supermercados. Além disso, a carta deverá ser impressa e afixada junto aos sistemas de registro de ponto, em substituição à anterior.

Em até 48 horas, deverá ser publicado um texto, no site do Condor, com um extrato da nota pública do Ministério Público do Trabalho, assinada nesta segunda-feira pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury.

Em caso de descumprimento do acordo, o MPT estabeleceu multa diária de R$100 mil.

Acesse o termo de compromisso, a carta de esclarecimento, a ata da audiência realizada do MPT-PR no dia 2 de outubro, e a ata da audiência realizada no dia 3 de outubro.

Vide a carta que o presidente do Condor, Pedro Joanir Zonta, enviou aos seus colaboradores e que foi divulgada via redes sociais:

Antes do Acordo, a multa poderia chegar a 1 milhão:

Justiça aplica multa de R$ 1 mi ao Condor por desrespeito aos empregados

O supermercado Condor, de Curitiba, foi condenado pela Justiça ao pagamento de indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 1 milhão por desrespeito sistemático à legislação trabalhista. A multa será revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador. Além da indenização, a pedido do Ministério Público do Trabalho no Paraná, o Condor terá que regularizar sua conduta em relação aos empregados.

Segundo o procurador Gláucio Araújo de Oliveira, do MPT-PR, foram constatadas várias irregularidades praticadas pela empresa, como: prorrogação da jornada de empregados menores de 18 anos além do limite legal de duas horas diárias; concessão irregular do intervalo semanal e do intervalo intrajornada; pagamento de salário e verbas rescisórias fora do prazo; prorrogação da jornada dos aprendizes; manutenção de empregado menor de 18 anos em trabalho noturno, entre outras.

Caso o Condor continue desrespeitando a legislação trabalhista, pagará multa diária no valor de R$500 por trabalhador encontrado em situação irregular, a ser revertida em favor do FAT.

A decisão foi publicada no início de agosto. O Condor ainda pode entrar com recurso contra a decisão no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

Gisele Rosso / ASCOM MPT-PR

Confirmações da Assessoria de Comunicação – MPT/PR
Atendimento ao trabalhador
(41) 3304-9000 / 3304-9001 / 3304-9009

 

Links originais:
1) http://www.prt9.mpt.mp.br/informe-se/noticias-do-mpt-pr/45-noticias-prt-curitiba/1125-presidente-do-grupo-condor-firma-acordo-com-mpt-pr-e-se-compromete-a-divulgar-nota-de-esclarecimento-sobre-carta-encaminhada-a-trabalhadores

2)http://www.prt9.mpt.mp.br/informe-se/noticias-do-mpt-pr/45-noticias-prt-curitiba/317-1861-justi-a-aplica-multa-de-r-1-mi-ao-condor-por-desrespeito-aos-empregados